Banner


Kyaku Kyadaff é a favor da greve dos Professores do ensino geral

 Numa fase em que os professores do ensino geral iniciaram uma greve de 18 dias, em que em causa está o incumprimento das reivindicações apresentadas ao Ministério da Educação, o cantor e também professor universitário Kyaku Kyadaff, mostrou-se solidário com seus homólogos nesta quinta-feira(12).

Para o artista, é inadmissível que o ensino e aprendizagem de uma criança dependam das condições económicas de seus encarregados de educação, nem do seu seu formador numa fase que se vive um vazio caótico salarial.

 “Não se pode admitir que o ensino e aprendizagem de uma criança, dependa das condições económicas do seu progenitor, nem o seu Professor,educador , mestre em pleno vazio caótico salarial. Sou professor a humanidade em Pessoa”, escreveu o artista em seu perfil no Instagram.

Com tecnologia do Blogger.