ADELE RECUSA CANTAR COM BEYONCÉ E RIHANNA [SAIBA MAIS...]

Homenagem a George Michael nos Grammy Awards poderia ter contado com a participação das duas artistas.

Adele protagonizou um dos momentos mais emocionantes da 59.ª entrega dos Grammy Awards, em Los Angeles, no passado domingo, dia 12. A cantora britânica interpretou o tema Fast Love, de George Michael, e o momento tornou-se ainda mais marcante porque Adele se deixou levar pela emoção e desafinou, tendo mesmo parado a meio para se desculpar e pedido para recomeçar.
Agora sabe-se que este tributo poderia ter sido bem diferente: um medley de várias canções o artista com a participação de Beyoncé e Rihanna, que só não aconteceu porque a intérprete de Someone Like You não quis. "Ela tinha uma ideia muito vincada daquilo que queria fazer", explica Ken Ehrlich, produtor da cerimónia de prémios, adiantando à revista People que a atitude “é aceitável” porque Adele “tem uma grande paixão” pelo trabalho do artista que morreu a 25 de dezembro e quis que fosse “um momento especial”.
Uma informação que não deixa de ser surpreendente, uma vez que Adele dedicou a Beyoncé o prémio de Melhor Álbum do Ano que recebeu por 25, deixando a colega em lágrimas na plateia.
VÍDEO RELACIONADO: O tributo de Adele a George Michael nos Grammy Awards

0 comentários:

Enviar um comentário